segurança da informação

Segurança da Informação: o que é e qual a sua importância? 

Com milhões de conteúdos circulando pela internet diariamente, é fundamental entender o que é e qual a importância da Segurança da Informação ou cibersegurança. Afinal, em meio a tantos dados, disponíveis a um clique, existem informações de grande valor para empresas, instituições e pessoas físicas – e que devem ser protegidas. 

Neste artigo, vamos explicar por que a Segurança da Informação é um fator indispensável para que qualquer empresa possa atuar em um mercado tão dinâmico e competitivo. Continue a leitura e confira!

O que é Segurança da Informação?

segurança da informação
foto: Freepik

O termo Segurança da Informação se refere ao conjunto de metodologias, processos e práticas utilizados para proteger os dados de uma empresa, garantindo a privacidade e a confiabilidade necessárias. 

Em outras palavras, são abordagens utilizadas para impedir que dados sigilosos e estratégicos sejam acessados, modificados, divulgados ou destruídos por pessoas não autorizadas. 

De forma geral, a Segurança da Informação é gerenciada por especialista em TI (Tecnologia da Informação) da empresa, garantindo que a circulação de dados seja segura e controlada. 

Assim, podem ser implementadas políticas e ferramentas de acordo com as demandas da organização. Alguns exemplos são a instalação de programas que permitem que os computadores sejam utilizados apenas para fins de trabalho ou a limitação do acesso a arquivos estratégicos sobre venda, concorrência e finanças. 

Segurança da informação: 6 dicas para se manter protegido

Saiba mais sobre ransonware

Pilares da Segurança da Informação

Segurança da informação
foto: Freepik

O principal objetivo da Segurança da Informação é garantir a proteção dos dados corporativos, baseando-se em 5 pilares: confidencialidade, integridade, disponibilidade, autenticidade e irretratabilidade. 

A seguir, falaremos um pouco sobre cada um desses pilares. Fique com a gente e confira!

Confidencialidade

Diretamente ligado à privacidade, este pilar da Segurança da Informação tem como objetivo garantir que determinados dados não sejam disponibilizados para pessoas e entidades não autorizadas. 

Este é um princípio que deve ser aplicado a dados pessoais sensíveis (segundo a LGPD), informações financeiras ou quaisquer informações consideradas sigilosas. 

Para garantir a confidencialidade da informação de sua empresa, é fundamental utilizar criptografias, controles de acesso e senhas altamente seguras.

Integridade

O segundo pilar diz respeito à preservação e precisão dos dados corporativos. Isso significa que a empresa deve garantir que as informações não sejam perdidas ou passem por alterações ao longo do seu ciclo de vida. 

Assim, mecanismos de controle como backups são fundamentais para garantir que os dados não sejam modificados ou corrompidos durante o processo. 

Disponibilidade 

A disponibilidade é o pilar que garante a possibilidade de usuários autorizados acessarem os dados a qualquer momento. 

Desta forma, os sistemas utilizados para armazenar, processar, controlar e acessar as informações devem estar funcionando de forma segura e estável. 

Assim, é fundamental contar com uma manutenção eficiente, eliminando vulnerabilidades de segurança e prevenindo-se contra ataques cibernéticos que possam limitar o acesso aos dados. 

Autenticidade

Amplamente relacionada à confidencialidade, a autenticidade da informação é importante para validar a autorização necessária para acessar os dados e informações. 

Senhas e logins fortes são fundamentais para confirmar a identidade dos usuários antes que eles acessem aos sistemas empresariais. 

Irretratabilidade ou legalidade

Inspirada em um princípio jurídico, a irretratabilidade tem como objetivo impedir que uma empresa negue a autoria de determinada informação. 

Isso significa que a organização deve ser capaz de provar o quê, quando e quem realizou determinado procedimento em um sistema. 

Assinaturas eletrônicas e certificados digitais são recursos fundamentais para assegurar a irretratabilidade da informação.

Por que investir em Segurança da Informação?

segurança da informação
foto: Freepik

Os dados são um dos ativos mais valiosos de uma empresa – e protegê-los é uma importante vantagem competitiva no mercado. 

Por isso, é fundamental realizar uma boa gestão de riscos e implementar políticas sérias de segurança da informação. A definição de senhas seguras, softwares de criptografia e firewalls são apenas algumas dessas estratégias. 

Lembre-se: quanto maiores forem os riscos, maior deve ser a preocupação com a Segurança da Informação, uma vez que o vazamento de dados pode trazer sérias consequências para sua empresa. 

Então, procure acompanhar as tendências e evoluções na área da tecnologia, manter os sistemas sempre atualizados e adotar uma política de segurança dentro de sua empresa. 

Mais do que instalar antivírus ou recursos similares, é importante que todos os funcionários estejam conscientes da importância dos pilares da Segurança da Informação – e estejam dispostos a aplicá-los diariamente. 

Conte sempre com os profissionais da Cyber Sul Solutions para orientá-lo a manter sua empresa protegido das vulnerabilidades e riscos que a internet apresenta hoje em dia. 

Somos especialistas em cuidar da segurança da conectividade entre redes, pessoas e empresas. Fique seguro com a gente!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WhatsApp chat